Espiritualidade

Senhor que queres que eu faça?

Publicado por Frei Gabriel Francisco Cavalli | 18/11/2016 - 08:00
  • A+
  • A-

O jovem Francisco de Assis, enquanto descobria a sua vocação, rezava em meio a pequenas igrejas: “Senhor, que queres que eu faça?” Ele buscava ardentemente mais que uma resposta para a sua vida. Estava à procura de um modo novo para viver o amor de Deus.

Para a sua mudança de vida, Francisco se entregou totalmente à misericórdia de Deus. Deixou-se transformar. Permitiu que a graça de Deus agisse no seu coração. Antes, Francisco via os pobres, os leprosos, a natureza, com indiferentismo e até sem valor. Mas, depois que o Senhor agiu em seu favor de Francisco, os pobres, os leprosos, a natureza passaram a serem vistos com os olhos da fé. Presença de Deus. Ação gratuita de Deus para com Francisco.

Francisco não se acomodou no seu tempo. Fez uma grande revolução de amor para com os mais pobres e sofridos. Desejou abraçar o Cristo sofrido na cruz e encontrar nos sofridos o próprio Cristo. Nós também somos convidados como Francisco a buscar uma resposta de amor para os planos de Deus em nossa vida.

Cristo nos chama todos os dias, para a conversão de nossas atitudes. Somos convidados a mudarmos tudo aquilo que não está bem. Que nós possamos ter a vocação franciscana do cuidado para com os pobres, o cuidado para com os mais sofridos, o cuidado para com a natureza: o amor pelo Evangelho e pela Igreja. O respeito pelos nossos irmãos e irmãs para vivermos uma grande fraternidade universal, onde cada um possa cuidar do outro. Por isso, a cada dia, fica o convite de nos interrogarmos: Senhor, que queres que eu faça?

Frei Gabriel Francisco Cavalli
Sobre o autor

Frei Gabriel Francisco Cavalli

Gabriel Francisco Cavalli, é membro da Província dos Freis Capuchinhos do Rio Grande do Sul, formado em bacharel e licenciatura em filosofia pela Universidade Católica de Pelotas, bacharel em teologia pela ESTEF. Atualmente trabalha na pastoral paroquial.