Reflexões

Ética no cotidiano

Publicado por Frei João Carlos Romanini | 12/06/2015 - 14:11
  • A+
  • A-

 

Há um anseio crescente por ver na sociedade um comportamento ético adequado, essencial para o crescimento da humanidade.

A ciência moderna tem estabelecido diferenças de temática sem conceitos claros. A natureza da reflexão científica é determinar maior compreensão do objeto em questão e dirimir dúvidas sobre práticas específicas. No caso das temáticas da ética, da moral e do direito, embora tenham vínculos, há diferenças entre elas, aponta a ciência. Devido a sua importância, a produção científica tende a acontecer incorporada a um conjunto de deveres e de responsabilidades e assim auxiliar um bom desempenho em todos os campos, ofício que dela se espera.

Na reflexão das ações éticas, morais e do direito realizadas no cotidiano, exige-se que haja o mais adequado comprometimento e deveres a cumprir. Nessas ações cotidianas fundamentais é imprescindível estar sempre bem informado. Exige-se que, além do conhecimento de seus aspectos teóricos e práticos, haja absoluta aplicação nas dimensões legais e normativas. Então, ao cidadão contemporâneo pressupõe-se que tenha em mente uma série de atitudes, ainda que não tenha a clareza da gravidade de infringir certos códigos éticos, morais e de direito. Para sua aplicação, são considerados conhecidos e comuns a todos os comportamentos e atividades que uma pessoa pode exercer ou não.

Portanto, a postura ética, moral e de direito não fica restrita apenas às tarefas que foram dadas ao cidadão, às pessoas ou ao profissional, mas inclui contribuir para o engrandecimento das ações humanas. Neste sentido, a moral e o direito contribuem com as regras que estabelecem condições para as ações humanas, ainda que ambas se diferenciem. No tocante à moral, são regras que visam o bem-viver das pessoas e que ultrapassam fronteiras geográficas e culturais. Ao direito, cabe estabelecer o regramento de determinada sociedade. Isto é, suas leis valem para uma base territorial. Quanto à ética como ciência, se ocupa da reflexão do que é correto ou incorreto, bom ou mau, adequado ou inadequado, justo e injusto. Isto é, a reflexão ética discorre sobre as regras estabelecidas pela moral e pelo direito. No contexto atual há um anseio crescente por ver na sociedade um comportamento ético adequado, essencial para o crescimento da humanidade. Em suma, a ética faz parte de nosso cotidiano e deve ser um compromisso permanente de todos.

Miguel Debiasi
Sobre o autor

Miguel Debiasi

Miguel Debiasi, é membro da Província dos Freis Capuchinhos do Rio Grande do Sul,  Mestre em Filosofia e Teologia  Autor  de textos, artigos e crônicas. publicou o livro Teologia da Tolerância – um novo modus vivendi cristã, publicado em 2015 pela ESTEF, Escola de Espiritualidade e Teologia Franciscana. Atualmente é pároco da Paroquia Cristo Rei de Marau e Conselheiro do Governo Provincial, eleito no dia 04 de setembro de 2014.