Animação Vocacional

 Conselho do Serviço de Animação Vocacional: Coordenador Frei Laércio da Luz; secretário, frei Reginaldo Casinato; Frei Aldevir Jandres, Claudelino Brustolin e Marcelo Carvalho.

O Serviço de Animação Vocacional (SAV), é o que podemos chamar de pré-etapa, pois é nesta fase que o jovem vocacionado começa a dar os primeiros passos rumo ao ingresso na forma de vida Capuchinha.

 


Como funciona?

O jovem que de alguma forma, mesmo neste tempo de contra valores, se sente chamado a conhecer mais de perto a vida dos frades Capuchinhos, procura o responsável pelo SAV mais próximo de sua região, http://capuchinhos.org.br/caprs/contato e conversando com ele, poderá ser ingressado no Serviço de Animação Vocacional, que deve acontecer em casa e/ou com encontros presencias (locais e regionais), preparatórios e de discernimento. Após o período de encontros vocacionais o canditado é convidado a participar do encontro de discernimento, onde irá fazer ao Ministro Provincial, formamente, a solicitação de ingresso à Ordem.

 


Quanto tempo dura essa etapa?

O tempo pode variar, dependendo da idade e a escolaridade do canditado, no entanto, o acompanhamento não pode nunca ser inferior a 6(seis) meses. 

 


Qual a idade mínima?

Para ingressar no Convento, o canditado deve ser maior de idade, e ter completado o ensino médio. Para ingressar no Serviço de Animação Vocacional, o jovem deve, no mínimo, ter iniciado os estudos do ensino médio.